Miniwaste

a a a
Projeto Life+ Miniwaste 2010-2012 foi um sucesso!
Sabia que no âmbito do Miniwaste, a Lipor formou mais de 11.170 pessoas em compostagem caseira e teve quase 170.000 visitas ao website da Horta da Formiga? A maioria das metas definidas para as ações de sensibilização e participação ativa a serem desenvolvidas pela Lipor foram superadas. O Projeto Miniwaste termina em 2012, mas a estratégia de prevenção de resíduos orgânicos da Lipor saiu reforçada e terá continuidade.

O projeto Life Miniwaste teve como objetivo desenvolver, implementar e avaliar um plano inovador e sustentável para reduzir a fração orgânica dos Resíduos Urbanos nos Estados-Membro.
 
O projeto foi desenvolvido em 3 anos (2010 a 2012) teve 5 Parceiros Europeus, Rennes Metropole (França), Lipor (Portugal), Cemagref (França), Brno (Républica Checa) e ACR+ (Bélgica) e um comité de especialistas que acompanhou e avaliou todo o projeto e ações implementadas. 
 
No âmbito deste projeto, a Lipor implementou localmente uma estratégia de prevenção de resíduos orgânicos e apoiou na identificação de boas práticas ambientais na temática da prevenção de resíduos na Europa e no desenvolvimento de um conjunto de procedimentos (protocolos) para avaliar a quantidade de resíduos compostados e a qualidade do composto produzido. Foi também desenvolvida uma ferramenta informática, que tem como objetivo apoiar as autoridades locais responsáveis pela prevenção de resíduos no seu território a definir, implementar e avaliar ações para reduzir os resíduos orgânicos. Para fazer o download da Ferramenta Informática do Miniwaste e saber mais informações sobre o projeto consulte o site do www.miniwaste.eu.
 
As ações desenvolvidas pela Lipor no âmbito deste projeto passaram por:
 
 Promover a compostagem caseira e comunitária;
 Envolver estruturas coletivas - escolas, instituições, empresas na redução de biorresíduos;
 Promover a redução do desperdício alimentar: organização de cursos de aproveitamento integral dos alimentos, conservação dos alimentos e refeições equilibradas;
 Sensibilizar a população para a prevenção de biorresíduos e formar monitores de compostagem que divulguem a compostagem caseira e comunitária e atuem voluntariamente na sociedade;
 Implementar Menu Dose Certa nos Restaurantes e Cantinas.

A Lipor, procurando atingir estes objetivos, disponibilizou um conjunto de informações, iniciativas e projetos direcionados a diferentes tipos de públicos-alvo, que permitiram envolver o cidadão e as instituições na redução do desperdício alimentar e dos biorresíduos, através da implementação da compostagem caseira ou comunitária. Se quer saber mais consulte o menu Compostagem ou o menu Desperdício Alimentar.
 
Se é um cidadão ativo e de forma voluntária promove e divulga estas boas práticas junto da população em geral, família, vizinhos ou amigos, junte-se a nós e seja um monitor voluntário de compostagem.

No âmbito do Miniwaste, a Lipor conseguiu:
 
 Sensibilizar a população e promover o Miniwaste, através da E.news da Lipor (79), participação em 55 eventos nacionais ou de promoção do projeto e realização de 52 stands de divulgação do projeto na área da Lipor;
 Implementar 6666 compostores (inclui particulares);
 Criar e manter ativos 75 locais com compostagem comunitária;
 Formar 11.034 pessoas em compostagem caseira;
 Implementar 100 vermicompostores e formar 143 pessoas em vermicompostagem;
 Envolver 319 entidades e instituições;
 Sensibilizar 3.712 pessoas para o desperdício alimentar;
 Envolver 4 restaurantes no Projeto Dose Certa;
 Disponibilizar 4 filmes sobre compostagem caseira e comunitária, agricultura de modo biológico e desperdício alimentar;
 Monitorizar e acompanhar os participantes com 3.500 visitas realizadas;
 Desviar da valorização energética 3066 ton/ano de resíduos orgânicos (potencial de redução tendo em conta os compostores a funcionar corretamente).
 
Atualmente, a Lipor mantém a sua estratégia de prevenção de resíduos orgânicos, pelo que grande parte das ações desenvolvidas durante o Miniwaste estão a ter continuidade. Até 2016, a Lipor conseguiu:

 Implementar 11.198 compostores (inclui particulares e vermicompostores);
 Formar 17.707 pessoas em compostagem caseira e vermicompostagem;
 Sensibilizar para o desperdício alimentar;
 Envolver 35 estabelecimentos de restauração no Projeto Dose Certa;
 Implementar o estudo piloto "Embrulha.” em parceria com a Câmara Municipal do Porto em 15 restaurantes do município; 
 Disponibilizar 8 filmes sobre compostagem caseira e comunitária, agricultura de modo biológico, jardinagem sustentável e desperdício alimentar;
 Monitorizar e acompanhar os participantes com mais 4.000 visitas realizadas;
 Desviar da valorização energética 5.257 ton/ano de resíduos orgânicos (potencial de redução tendo em conta os compostores a funcionar corretamente). 
 
 Saiba mais informações sobre estas iniciativas nos links dos diferentes projetos.

 

voltar
Locais de deposição
Encontre o local mais perto de si para depositar seus resíduos.
Ecopontos
Ecocentros