Monitorização Ambiental

a a a
Na Central de Valorização Orgânica o caudal a tratar de ar a desodorizar é de 410.000 Nm³ /h sendo o tratamento feito mediante um processo de lavagem e biofiltração (área total do Bioflitro: 3.130 m²). O sistema de biofiltração proposto confere uma elevada flexibilidade ao sistema de desodorização, uma vez que, para além de permitir obter elevados níveis de tratamento do ar contaminado, assegura uma grande capacidade de regulação e de intervenção, o que torna o sistema altamente fiável. Com este sistema de tratamento integral do ar em circulação no interior dos edifícios assegura-se, assim, a não emanação, para o exterior, de odores desagradáveis.

A exaustão para o exterior dos gases tratados é feita por um conjunto de 3 condutas verticais dotadas de ventiladores axiais, assegurando-se assim, uma rápida e eficiente dispersão do ar tratado.

Os efluentes gerados durante o processo são integralmente reutilizados, após um tratamento prévio, evitando-se assim, a sua descarga na rede de drenagem projetada para os restantes efluentes.

A minimização do ruído e das vibrações estão totalmente asseguradas por variados sistemas de proteção ambiental.

O funcionamento dos diversos equipamentos e instalações é totalmente automatizado, através do recurso a sistemas tecnológicos evoluídos, os quais são responsáveis pelo controlo e otimização de todos os parâmetros influentes no processo de compostagem, assim como das condições ambientais dentro da instalação.

Um aspeto que importa também salientar prende-se com a criteriosa integração arquitetónica e paisagística conseguida na envolvente interna e externa ao terreno da LIPOR, com o recurso a edifícios de volumes variados e diferentes tipos de coberturas. A presença de amplos espaços ajardinados, um espelho de água e a escolha criteriosa dos materiais construtivos garantem, assim, uma qualidade superior a este projeto.

voltar
Locais de deposição
Encontre o local mais perto de si para depositar seus resíduos.
Ecopontos
Ecocentros