Bordalo II instala escultura “Carvalho” nas instalações da Lipor

a a a

Depois de assistirmos à finalização e à inauguração da escultura "Carvalho” de Bordalo II, comissionada pela Lipor, no evento CIDADE+, a escultura foi finalmente montada e colocada no seu lugar definitivo, junto à Central de Valorização Orgânica, no pólo de Baguim do Monte da Lipor.

A montagem da escultura foi realizada e supervisionada pelo próprio Bordalo II, que se deslocou à Lipor, com a sua equipa, para o efeito.

A obra, da autoria do artista plástico Bordalo II, reconhece-se por "Carvalho”, uma escultura que assume como matéria-prima os resíduos, na ótica de "resíduo como um recurso”.

35 Anos de Vida a Construir o Futuro

No Ano de Celebração dos seus 35 anos, a LIPOR com os 8 Municípios Associados, reafirma a sua política de gestão na Nova Agenda de Ação, adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030, revendo-se nas dimensões económica, ambiental, cultural, institucional e social.

Como forma de representação da Celebração dos seus 35 anos, a LIPOR privilegiou a arte como excelência de expressão, elegendo o Carvalho-alvarinho (Quercus robur) como símbolo de grandeza, enquanto árvore endémica de grande porte, de ampla copa e de folha caduca, sendo "robur” o termo utilizado para designação de dureza e solidez.

O carvalho é uma referência enquanto espécie arbórea autóctone, tendo sido o elemento biológico de excelência assumido pela Lipor, para representar a proximidade com a sustentabilidade ambiental. Destacando-se a sua participação ativa no "PROGRAMA HECTARE” ao abrigo do projeto das 100.000 árvores da Área Metropolitana do Porto – FUTURO e na estratégia 3M – menos Resíduos, menos Carbono, mais Clima, um compromisso voluntário no combate às alterações climáticas.

A obra artística, da autoria do artista plástico Bordalo II, reconhece-se por "Carvalho”, uma escultura que assume como matéria-prima os resíduos, na ótica de "resíduo como um recurso”.

Em analogia, a LIPOR revê-se na grandiosidade, solidez, verticalidade e versatilidade da orgânica do "Carvalho” e nas suas representativas 8 bolotas, os seus 8 Municípios: Espinho; Gondomar; Maia; Matosinhos; Porto; Póvoa de Varzim; Valongo e Vila do Conde. Tal como todos os elementos vivos, a LIPOR sustenta as estações do ano, otimizando-se, readaptando-se em equipa, reorganizando-se em estratégia, renovando-se para a construção de novos frutos oriundos do cuidar de novas sementes num futuro que se avizinha, enaltecendo assim a reoxigenação da criatividade e a proximidade de atuação.

voltar
Locais de deposição
Encontre o local mais perto de si para depositar seus resíduos.
Ecopontos
Ecocentros