Mais um espaço verde da Lipor reconvertido em Floresta Autóctone

a a a

A equipa de Espaços Verdes da Lipor realizou a conversão de mais um espaço verde: o talude nascente junto ao Trilho Ecológico.

Continuando a trabalhar com o objetivo de converter os espaços verdes da Lipor tornando-os mais sustentáveis, foi reconvertida uma área verde de 4.100 m2 em floresta autóctone, com a plantação e introdução de sobreiros, medronheiros, pilriteiros, murta, azevinhos, loureiros, árvores de fruto e a aplicação de um prado nacional autóctone florido, interligando a área envolvente com o Parque Aventura.

A escolha do elenco vegetal centrou-se em espécies autóctones, pretendendo-se reduzir a manutenção do espaço e criar uma barreira mais resistente ao fogo. Além disso, estas espécies são bem adaptadas às condições ecológicas locais, com necessidades hídricas reduzidas, adaptadas a longos períodos de seca ou de chuva intensa, quando comparadas com espécies introduzidas.

Esta conversão para floresta autóctone pretendeu, ainda, dar solução a um talude com declive acentuado, solo descoberto, compactado e de difícil manutenção, em elevado estado de erosão e sem qualquer tipo de utilidade, permitindo a fixação do solo e a redução do risco de exposição dos resíduos ali depositados no passado. Apesar de ser uma intervenção complicada, pois é um espaço com pouco nível solo, estamos confiantes que maioria das plantações irão ser bem sucedidas.

Pretendemos com esta conversão a transformação de um lugar inóspito numa zona verde biodiversa, reunindo vida selvagem e produção de alimento.

A floresta autóctone constitui um património natural do nosso território, pelo que assume uma grande importância a vários níveis. Para além do seu valor intrínseco, a floresta autóctone é relevante, não apenas a nível ambiental e ecológico, mas também na conservação da biodiversidade.

A floresta autóctone possui, de forma sintética, as seguintes funções:

  • ajuda a manter a fertilidade do espaço rural, o equilíbrio biológico das paisagens e a diversidade dos recursos genéticos;
  • é um importante lugar de refúgio e reprodução para um grande número de espécies animais autóctones, muitas delas também em vias de extinção;
  • exerce um importante papel na regulação e melhoria do clima, bem como no sequestro de carbono da atmosfera contribuindo para a redução do efeito estufa;
  • a floresta autóctone, embora de crescimento mais lento, quando bem desenvolvida, é normalmente mais resistentes e resilientes aos incêndios florestais;
  • desempenha, também, uma relevante função ambiental ligada aos fogos florestais, dado que constitui um tipo de floresta que apresenta uma menor combustibilidade e propagação do fogo comparativamente a outros tipos de floresta que ocorrem no nosso território (ex. pinhal, eucaliptal).


voltar
Locais de deposição
Encontre o local mais perto de si para depositar seus resíduos.
Ecopontos
Ecocentros