08 Jun

Da terra ao Rio e ao Mar, o Ambiente Cuidar

No dia 5 de junho, comemorámos o Dia Mundial do Ambiente com a limpeza das margens dos Rios Ferreira e Simão no Município de Valongo e com oficinas de Plasticologia no Bioblitz, em Serralves.

Em contacto com a natureza, dois grupos de Escuteiros de Valongo e colaboradores municipais percorreram as serras de Santa Justa e Pias, pelas margens dos rios Ferreira e Simão. A cada passo, vários elementos chamam a atenção dos caminhantes: o tamanho das árvores, a forma das folhas, as aves que sobrevoam as suas cabeças, o rio que serpenteia a serra e, ainda, materiais estranhos a este ambiente: os resíduos. A existência de resíduos, quer transportados pelo rio, quer deixados por outros visitantes, é bastante visível e preocupante.
 
Assim, numa iniciativa de limpeza de resíduos, coorganizada pela LIPOR e pela Câmara Municipal de Valongo, no âmbito do projeto "Há Rio e Mar, Há Lixo para Transformar”, os participantes recolheram um total de 40kg de resíduos. Na sua maioria, eram resíduos de embalagens de plástico, bem como papel sujo, embalagens de vidro, restos alimentares e máscaras cirúrgicas. Todos estes materiais foram seletivamente recolhidos e encaminhados para valorização.

Paralelamente e durante todo o fim de semana, foram realizadas atividades de sensibilização para a preservação do Oceano e para a prevenção do Lixo Marinho, em Serralves, num evento pedagógico e científico, dedicado ao Ambiente, Biodiversidade e Sustentabilidade, o Bioblitz. Mais de 400 pessoas participaram nas experiências que distinguiram os resíduos dos elementos naturais da praia e demonstraram as consequências dos resíduos descartados para o meio ambiente.

A Natureza dá-nos vida! E tu o que lhe dás?

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi