26 Jul

Cidadãos dos oito municípios da Lipor unidos na aposta pela Reciclagem

No 1º semestre de 2022 a LIPOR recebeu cerca de 31 510,99 toneladas de materiais entregues para reciclagem* nos Ecopontos, Ecocentros e Zonas de Recolha Seletiva Porta a Porta, o que significa um crescimento de 3,94% relativamente ao período homólogo de 2021, essencialmente de papel/cartão, plástico e vidro.

No mesmo período recebemos 22 802,75 toneladas de biorresíduos** recolhidos seletivamente, resultado que, comparativamente a 2021, representa um aumento de 16,01%, justificado pela aposta na implementação de novos projetos de recolha seletiva porta a porta, de proximidade com contentores de acesso condicionado e do retorno da atividade da restauração, já que no 1º semestre de 2021 ainda se vivia uma altura de desconfinamento parcial deste setor.

Uma excelente notícia é o decréscimo na produção de lixo, 185 231,04 toneladas rececionadas que representa -2,12% que no mesmo período de 2021. A LIPOR aproveitou todo o seu potencial valorizando-o na sua Central de Valorização Energética o que permitiu, neste 1º semestre de 2022, a exportação para a rede nacional da EDP de 83 200 MWh de energia elétrica. É de realçar que no 1º semestre de 2022, a LIPOR depositou em aterro somente 20 toneladas dos resíduos.

Estes valores são fruto do forte investimento e da aposta que a LIPOR e os Municípios associados têm desenvolvido, com vista a maximizar e incrementar a quantidade de materiais a enviar para reciclagem.

Os produtos LIPOR - nomeadamente os Recicláveis (papel e cartão, plásticos, vidro e metais), o Composto Orgânico Nutrimais® e a Energia Elétrica exportada - tiveram um impacto positivo na redução de emissões para a atmosfera noutros setores económicos na ordem das 56.028 tCO2e (ver Nota 1) o que equivale ao consumo de eletricidade de mais de 6400 famílias durante 1 ano. 

A LIPOR e os seus Municípios criaram um Sistema de Valorização de resíduos com parâmetros ambientais de excelência internacional, que eliminou todas as lixeiras da região, reduziu o envio de resíduos para Aterro a valores mínimos valorizando, assim, praticamente 100% dos seus resíduos, elevando a qualidade de vida de mais de 1 milhão de habitantes do Grande Porto.
A LIPOR quer continuar a apostar na prevenção, na reutilização, na reciclagem, na valorização energética, na descarbonização e no investimento em Sistemas e Infraestruturas cada vez mais modernos de tratamento de resíduos e a consequente eliminação dos Aterros.





Legenda:
* Embalagens de Papel e Cartão + Vidro + Embalagens de Plástico e Metal + Esferovite + Sucatas + Tampinhas

** BIORRESÍDUOS: Resíduos Verdes + Resíduos Verdes Cemitérios + Resíduos Alimentares

Nota 1: Impacto indireto (emissões evitadas) dos produtos LIPOR que concorrem para a substituição de atividades mais intensivas em carbono: 1) Utilização de recicláveis nas atividades económicas (que evitam a produção de materiais virgens indústria); 2) Aplicação do composto Nutrimais (que substitui a produção de fertilizantes sintéticos azotados) e, 3) Produção elétrica por combustíveis fósseis. 



Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi