28 Out 2020

LIPOR e Universidade de Oxford publicam estudo comparativo de estratégias de valorização de biorresíduos na revista Waste Management


A LIPOR pretende identificar e adotar as estratégias mais adequadas de valorização de biorresíduos. Neste sentido, foi realizado um trabalho conjunto entre a LIPOR (João Graça, Telmo Machado) e a Universidade de Oxford (Till Weidner, Aidong Yang) com o objetivo de comparar o desempenho económico e ambiental de diferentes estratégias de valorização de biorresíduos, com o Grande Porto como Case Study.

O estudo avaliou estratégias de valorização de biorresíduos descentralizadas (compostagem doméstica e ilhas de compostagem) e recolha e tratamento em instalações centralizadas (compostagem e digestão anaeróbia). Os impactos das diferentes estratégias foram comparados a nível da freguesia utilizando análise geográfica em SIG. Foi observado que as estratégias descentralizadas apresentam custos inferiores aos da recolha e tratamento centralizado na maioria dos casos. Por outro lado, a pegada de carbono reportada é fortemente dependente de diferentes fatores que influenciam a recolha, tais como a densidade populacional e a distância das instalações de tratamento.

O estudo conclui que a digestão anaeróbia é a opção mais favorável ao clima para os centros urbanos, enquanto as soluções descentralizadas (compostagem caseira e comunitárias) são as opções mais favoráveis ao clima para distritos com menor densidade populacional.

O estudo, intitulado "Comparison of local and centralized biowaste management strategies – A spatially-sensitive approach for the region of Porto”, será publicado na edição de Dezembro de 2020 da revista Waste Management, e pode ser consultado no seguinte link: www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0956053X20305249

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi