Alterações Climáticas

Conhecemos, reduzimos, mobilizamos e cooperamos.

Existem, hoje, evidências científicas inequívocas de que o clima está a mudar. Os Relatórios do Painel Intergovernamental sobre as Alterações Climáticas (IPCC) reafirmam estas evidências e identificam as emissões antropogénicas de gases com efeito de estufa (GEE) como o fator determinante para o aquecimento do planeta, desde 1750. Mesmo reduzindo as emissões de GEE, a mudança climática e os seus efeitos negativos irão perpetuar-se por décadas.
O setor dos resíduos é central no debate climático global. Foi, neste contexto de responsabilidade, que assumimos, já em 2006, na dupla condição de emissor de GEE e de instrumento de mitigação, a monitorização e gestão das emissões de GEE como um instrumento fundamental para:
  1. em termos operacionais: reforçarmos ganhos de informação (em termos de indicadores específicos da sua atividade);
  2. em termos de posicionamento no mercado: termos uma abordagem proactiva e inovadora para um novo patamar de responsabilidade corporativa.
Face aos desafios da próxima década e ao objetivo estratégico da LIPOR de diversificar atividades e negócios, preparamos um quadro de evolução para 2021-2030. Esta evolução assentará em 4 desígnios:
  • Menos Resíduos, apostando na gestão eficiente dos Recursos, privilegiando um modelo circular de Negócios;
  • Menos Carbono, potenciando o binómio Carbono - Energia, convergindo para a descarbonização e a transição energética;
  • Mais Clima, potenciando o nosso compromisso com a adaptação às alterações climáticas;
  • Mais Biodiversidade, incrementando a promoção da biodiversidade no nosso contexto de atividade.
Estas são as bases da nova Estratégia LIPOR 4M - menos Resíduos, menos Carbono, mais Clima, mais Biodiversidade. Com esta Estratégia definimos uma nova meta e pretendemos alcançar a redução de 30% das emissões de GEE no ano 2030.


Compensação de Emissões

A frota LIPOR é, mais uma vez CARBONO ZERO


No âmbito da sua estratégia 4M, a LIPOR monitorizou e compensou, mais uma vez, as emissões de gases com efeito de estufa resultantes da utilização da sua frota própria matriculada, no decorrer do ano de 2019.

Esta monitorização foi realizada de acordo com os requisitos da metodologia Carbono Zero, e assegura o sequestro das referidas emissões em quantidade equivalente de carbono através de projetos florestais nacionais monitorizados pela Ponto Verde Serviços.

Assim, durante o ano de 2019, a LIPOR contabilizou um total de emissões de 276 7 tCO2e (toneladas de Dióxido de Carbono equivalente - 1 tonelada de Dióxido de Carbono equivale a 1 crédito de Carbono)

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi