Lipor adapta Espaços Verdes aos efeitos das alterações climáticas

a a a

No âmbito da estratégia de Biodiversidade da LIPOR, os espaços verdes têm vindo a ser reformulados no sentido de promover o incremento de flora e fauna nas instalações e sua envolvente e potenciar o conforto dos utilizadores dos espaços, visitantes e colaboradores.

Desde dezembro de 2018 foi criado, na envolvente do Centro de Triagem, um jardim adaptado às alterações climáticas, produtivo e em modo de agrofloresta. Após 10 meses podem ser verificados os principais indicadores do projeto aqui descritos.

A LIPOR irá iniciar, no mês de outubro, a reformulação do espaço exterior na envolvente do Edifício Administrativo uma vez que se trata de um espaço relvado sem utilidade, elevados custos de manutenção e sem valor ou função ecológica. A intervenção consistirá em criar zonas distintas nomeadamente, receção, lazer, repouso e enquadramento ao edifício originando um Jardim dos Municípios, um Jardim de Árvores, um Jardim Produtivo e um Jardim Formal. Com a plantação de espécies autóctones pretende-se diminuir os custos de manutenção, reduzir aproximadamente 2 ºC na envolvente do edifício e criar zonas de forma a reduzir o impacto do vento no espaço.

Do vazio à referência, mais do que um mero espaço de entrada, um espaço representativo da missão da LIPOR, do seu compromisso com a sustentabilidade.

Um espaço que passa a estar em linha com a ética de atuação da LIPOR.

Qualificar, afirmar e dignificar o espaço!

voltar
Locais de deposição
Encontre o local mais perto de si para depositar seus resíduos.
Ecopontos
Ecocentros